quinta-feira, 26 de março de 2009

RESPEITO!!

Hoje o dia começou mal. Fui literalmente agredida por um senhor de uns 80 anos no metrô, porque eu estava distraída, com fone de ouvido e fazendo Sudoku, dentro de um carro MUITO cheio. Obviamente não vi o tal senhor entrar, a moça que estava ao meu lado cedeu o lugar a ele, que se sentou e começou a bater no meu braço e me xingar AOS BERROS. Disse que eu é que devia ter dado lugar a ele, mas como eu era "uma mal-educada desgraçada e infeliz", eu teria "fingido que não o tinha visto". E "desgraçada" foi a palavra mais leve que ele usou, não vou reproduzir o resto. Falei com educação e pedi que ele não gritasse e não se dirigisse a mim daquela forma, falei que eu estava realmente distraída e não tinha visto. E ele me BATEU!! Disse que era mentira minha, ficou dando socos no meu braço, e continuou berrando, até que um cara bem maior do que ele disse que se ele não parasse de me agredir, iria chamar o segurança para retirá-lo do carro.

Um outro senhor, que estava do meu outro lado, se ofereceu para trocar de lugar comigo, para que ele não pudesse mais me atingir, mas o velho não calou a boca, mesmo com TODOS no metrô me defendendo. Fiquei paralisada, muito nervosa, e não sabia mais o que fazer. Só queria que chegasse logo a minha estação, para poder descer o mais rápido possível. Na verdade eu não podia fazer nada, senão eu acabaria virando a "monstra que maltratou o pobre velhinho".

Como é que uma pessoa quer ser respeitada se não tem capacidade de respeitar os outros?? QUEM deu direito àquele senhor de gritar comigo e me agredir fisicamente DO NADA?? E se não fosse eu ali, mas alguém mais frágil, uma criança, uma pessoa com problemas cardíacos?? Ele era velho mas era fortinho, chegou a machucar o meu braço.

E quando o dia começa mal, não pode continuar muito bom mesmo... Me perguntaram o que eu canto e eu falei, Heavy Metal. Resposta: "Pffffff, ah vai dizer que isso tem alguma coisa pra cantar, é só gritaria e barulheira." Gargalhadas.

Vejam bem: eu não gosto de funk. Mas se alguém que eu mal conheço vira pra mim e diz que ouve/gosta/canta funk, eu não vou rir da cara dessa pessoa e dizer que isso não é música. Sabem o nome disso? Respeito. Educação. O mínimo que devemos ter para conviver em sociedade.

Antigamente eu ainda me importava em esclarecer as coisas, para as pessoas não terem uma idéia errada sobre o Metal, mas hoje em dia, a paciência acabou. Nesse caso de hoje, apenas respondi, "não é não." E encerrei o assunto. Não gosta? Vai ouvir funk. Não vou ficar aqui ensinando nada a quem já está pré-disposto a não aprender mesmo...

Um comentário:

  1. Seu blog já está na minha lista de amigos no meu blog =)

    ...

    Fiquei passada com isso que vc contou...os idosos exigem respeito 9 e merecem mesmo), mas precisam agir respeitosamente tb com os outros, não é uma via única....

    Bjim

    ResponderExcluir